quarta-feira, 22 de março de 2017

22.03.17

TRÊS MORTOS E UM FERIDO EM LATROCÍNIO NA ZONA RURAL DE CARUARU









+Joselma Pereira da Silva (52 anos)
+Maria Madalena Pereira da Silva ( 24 anos)
+Geraldo José da Silva (64 anos)
Geraldo José da silva Filho ( 23 anos)

Duas mulheres da mesma família foram assassinadas na noite desta terça-feira (21) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A mãe, de 52 anos, e a filha, de 24, moravam em Lagoa do Paulista, na zona rural da cidade. Na ação dos criminosos também foram baleados o marido da vítima, de 61 anos e o filho dela, de 23.

De acordo com a Polícia Militar, quatro suspeitos arrombaram a porta dos fundos, entraram na residência das vítimas, roubaram duas motocicletas, atiraram e fugiram em seguida. Duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas para socorrer as vítimas.
Os homens foram levados ao Hospital Regional do Agreste (HRA) e as mulheres não resistiram e morreram no local. Os autores dos crimes ainda não foram identificados. A Polícia Civil vai investigar o caso. Os corpos serão encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.
O ADULTO SOCORRIDO AO HR NÃO RESISTIU E FOI A ÓBITO




CHACINA EM CARUARU

Postado  quarta-feira, 22 de março de 2017  |  Ler Matéria»

22.03.17

TRÊS MORTOS E UM FERIDO EM LATROCÍNIO NA ZONA RURAL DE CARUARU









+Joselma Pereira da Silva (52 anos)
+Maria Madalena Pereira da Silva ( 24 anos)
+Geraldo José da Silva (64 anos)
Geraldo José da silva Filho ( 23 anos)

Duas mulheres da mesma família foram assassinadas na noite desta terça-feira (21) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A mãe, de 52 anos, e a filha, de 24, moravam em Lagoa do Paulista, na zona rural da cidade. Na ação dos criminosos também foram baleados o marido da vítima, de 61 anos e o filho dela, de 23.

De acordo com a Polícia Militar, quatro suspeitos arrombaram a porta dos fundos, entraram na residência das vítimas, roubaram duas motocicletas, atiraram e fugiram em seguida. Duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas para socorrer as vítimas.
Os homens foram levados ao Hospital Regional do Agreste (HRA) e as mulheres não resistiram e morreram no local. Os autores dos crimes ainda não foram identificados. A Polícia Civil vai investigar o caso. Os corpos serão encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.
O ADULTO SOCORRIDO AO HR NÃO RESISTIU E FOI A ÓBITO




22.03.17

BANDIDOS LEVAM TROMBA APÓS ASSALTO EM CARUARU







Por volta das 10 e meia da manhã desta terça-feira (21) dois elementos teriam cometido um assalto a um estabelecimento comercial no bairro Divinópolis e na fuga foram seguidos por um homem não identificado que na via local da BR 104, próximo ao viaduto que dá acesso as Cohab´s 1 e 2 o homem que os seguia efetuou dois disparos de arma de fogo e atingiu em cheio o garupa da motocicleta que morreu no local, o condutor se evadiu na moto Biz, porém colidiu logo mais adiante e foi detido e amarrado por populares que ainda o espancaram, mas foram impedidos de continuar agredindo-o com a chegada da Polícia Militar que o levou para ser medicado na Upa e o apresentará no plantão da 1ª DP.
  CABO DA PM BONZINHO
Cabo Melo dos Anjos, que comandou o isolamento do local disse que mesmo a vítima se tratando de um assaltante, ninguém tinha o direito de tirar-lhe a vida e a investigação ficará por conta da Polícia Civil e informou ainda que a equipe da 20ª Delegacia de Homicídios foi ao local e acompanhou o levantamento cadavérico e ainda agora a tarde irá colher o depoimento do elemento preso. Quanto ao procedimento que será feito contra o preso, ele disse que isso depende das testemunhas e vítimas.


Este foi o 19º assassinato do mês de março e o 61º do ano de 2017 em Caruaru e o corpo da vítima foi encaminhado para o IML do Recife.

Fonte Adielson Galvão





BANDIDO MORRE APOS ASSALTO

Postado    |  Ler Matéria»

22.03.17

BANDIDOS LEVAM TROMBA APÓS ASSALTO EM CARUARU







Por volta das 10 e meia da manhã desta terça-feira (21) dois elementos teriam cometido um assalto a um estabelecimento comercial no bairro Divinópolis e na fuga foram seguidos por um homem não identificado que na via local da BR 104, próximo ao viaduto que dá acesso as Cohab´s 1 e 2 o homem que os seguia efetuou dois disparos de arma de fogo e atingiu em cheio o garupa da motocicleta que morreu no local, o condutor se evadiu na moto Biz, porém colidiu logo mais adiante e foi detido e amarrado por populares que ainda o espancaram, mas foram impedidos de continuar agredindo-o com a chegada da Polícia Militar que o levou para ser medicado na Upa e o apresentará no plantão da 1ª DP.
  CABO DA PM BONZINHO
Cabo Melo dos Anjos, que comandou o isolamento do local disse que mesmo a vítima se tratando de um assaltante, ninguém tinha o direito de tirar-lhe a vida e a investigação ficará por conta da Polícia Civil e informou ainda que a equipe da 20ª Delegacia de Homicídios foi ao local e acompanhou o levantamento cadavérico e ainda agora a tarde irá colher o depoimento do elemento preso. Quanto ao procedimento que será feito contra o preso, ele disse que isso depende das testemunhas e vítimas.


Este foi o 19º assassinato do mês de março e o 61º do ano de 2017 em Caruaru e o corpo da vítima foi encaminhado para o IML do Recife.

Fonte Adielson Galvão





terça-feira, 21 de março de 2017

21.03.17


BANDIDO VAI PRA VALA NO RECIFE




Uma vítima reagiu a um assalto na noite desta segunda-feira (20) e matou um assaltante na avenida Norte, bairro do Rosarinho, Zona Norte do Recife. Um segundo assaltante, que pilotava uma moto no momento da abordagem conseguiu fugir.

De acordo com informações repassadas ao 13º Batalhão da Polícia Militar, a vítima dirigia um Corolla preto, de placa não identificada, e também fugiu do local.








BANDIDO MORRE EM ASSALTO

Postado  terça-feira, 21 de março de 2017  |  Ler Matéria»

21.03.17


BANDIDO VAI PRA VALA NO RECIFE




Uma vítima reagiu a um assalto na noite desta segunda-feira (20) e matou um assaltante na avenida Norte, bairro do Rosarinho, Zona Norte do Recife. Um segundo assaltante, que pilotava uma moto no momento da abordagem conseguiu fugir.

De acordo com informações repassadas ao 13º Batalhão da Polícia Militar, a vítima dirigia um Corolla preto, de placa não identificada, e também fugiu do local.








21.03.17

HOMEM É ASSASSINADO NA ZONA RURAL DE AGRESTINA PE




+José Arlindo Da Silva(47 anos)

Um popular foi assassinado no início da noite deste domingo (18) na Vila Pé de Serra dos Mendes, na zona rural de Agrestina. José Arlindo Da Silva, de 47 anos, era morador da comunidade e foi morto a tiros dentro da casa onde residia.
O filho da vitima informou que dois elementos chegaram em uma motocicleta Yamaha vermelha efetuando disparos de arma de fogo, com isso a vitima correu pra dentro de casa, porém o acusado arrombou a porta e a executou na cozinha da residência. O IC e IML foram acionados e constataram que a vitima foi atingida por vários disparos de arma de fogo na cabeça. Até o momento não se sabe a motivação e a autoria é desconhecida.
O corpo da vítima foi encaminhado para o IML do Recife.




HOMICÍDIO EM AGRESTINA

Postado    |  Ler Matéria»

21.03.17

HOMEM É ASSASSINADO NA ZONA RURAL DE AGRESTINA PE




+José Arlindo Da Silva(47 anos)

Um popular foi assassinado no início da noite deste domingo (18) na Vila Pé de Serra dos Mendes, na zona rural de Agrestina. José Arlindo Da Silva, de 47 anos, era morador da comunidade e foi morto a tiros dentro da casa onde residia.
O filho da vitima informou que dois elementos chegaram em uma motocicleta Yamaha vermelha efetuando disparos de arma de fogo, com isso a vitima correu pra dentro de casa, porém o acusado arrombou a porta e a executou na cozinha da residência. O IC e IML foram acionados e constataram que a vitima foi atingida por vários disparos de arma de fogo na cabeça. Até o momento não se sabe a motivação e a autoria é desconhecida.
O corpo da vítima foi encaminhado para o IML do Recife.




21.03.17
O TIRO SAIU PELA CULATRA
 






Uma vítima compareceu neste sábado, 18 de março, na Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco, onde reconheceu o imputado de nome Claudio Moraes, conhecido como "Claudio Júnior", de 28 anos de idade, como sendo um dos elementos que tomou de assalto sua motocicleta Honda Bros-160c e placa PCT-6183.


De acordo com informações da testemunha, o mesmo praticou o assalto em um restaurante em Toritama, também no Agreste, subtraindo vários aparelhos celulares e uma motocicleta, justamente a que foi apreendida na operação. 


A notícia que Claudio Júnior foi preso com quatro motocicletas roubadas e uma arma de fogo, logo deixou populares da Capital da Moda surpresos, uma vez que ele é bastante conhecido na região, inclusive participante de diversos eventos pelo Nordeste, fazendo acrobacias pela equipe Radical.


Fotografia postada por ele nas redes sociais, o mostra usando uma capa de colete balístico apreendido na ação. Vale destacar que o mesmo trabalha como condutor socorrista na equipe do SAMU – Serviço de Atendimento Médico de Urgência – de Taquaritinga do Norte



OS INTRUJÕES ESTÃO PALITANDO OS DENTES FAZEM PARTE DA QUADRILHA QUE COMPRA AS PEÇAS E MOTOS ROUBADAS.





ASSALTANTE PRESO PELA PM

Postado    |  Ler Matéria»

21.03.17
O TIRO SAIU PELA CULATRA
 






Uma vítima compareceu neste sábado, 18 de março, na Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco, onde reconheceu o imputado de nome Claudio Moraes, conhecido como "Claudio Júnior", de 28 anos de idade, como sendo um dos elementos que tomou de assalto sua motocicleta Honda Bros-160c e placa PCT-6183.


De acordo com informações da testemunha, o mesmo praticou o assalto em um restaurante em Toritama, também no Agreste, subtraindo vários aparelhos celulares e uma motocicleta, justamente a que foi apreendida na operação. 


A notícia que Claudio Júnior foi preso com quatro motocicletas roubadas e uma arma de fogo, logo deixou populares da Capital da Moda surpresos, uma vez que ele é bastante conhecido na região, inclusive participante de diversos eventos pelo Nordeste, fazendo acrobacias pela equipe Radical.


Fotografia postada por ele nas redes sociais, o mostra usando uma capa de colete balístico apreendido na ação. Vale destacar que o mesmo trabalha como condutor socorrista na equipe do SAMU – Serviço de Atendimento Médico de Urgência – de Taquaritinga do Norte



OS INTRUJÕES ESTÃO PALITANDO OS DENTES FAZEM PARTE DA QUADRILHA QUE COMPRA AS PEÇAS E MOTOS ROUBADAS.





21.03.17

EX-PRESIDIÁRIO ESTUPRA E MATA MISSIONÁRIA EM SÃO JOSÉ DO RIO PRETO SP


Simone, que era casada e tinha um filho de 12 anos. No detalhe, a casa da chácara em que ela foi encontrada amarrada e morta de forma violenta(12.03.17). A mulher era religiosa e fazia trabalho voluntário de evangelização. Tentava resgatar um ex-detento de 64 anos que se mostrava arrependido e é o principal suspeito da polícia. O assassino acorrentou com cadeados a vítima nas mãos e nos pés, e utilizou uma marreta, aplicando golpes em sua cabeça  ceifando-lhe a vida. Um outro ex-presidiário que também morava na chácara, chamou a policia. Ambos haviam sido condenados por estupro.
DIREITOS HUMANOS PARA BANDIDOS NO BRASIL






MULHER MORTA E ESTUPRADA

Postado    |  Ler Matéria»

21.03.17

EX-PRESIDIÁRIO ESTUPRA E MATA MISSIONÁRIA EM SÃO JOSÉ DO RIO PRETO SP


Simone, que era casada e tinha um filho de 12 anos. No detalhe, a casa da chácara em que ela foi encontrada amarrada e morta de forma violenta(12.03.17). A mulher era religiosa e fazia trabalho voluntário de evangelização. Tentava resgatar um ex-detento de 64 anos que se mostrava arrependido e é o principal suspeito da polícia. O assassino acorrentou com cadeados a vítima nas mãos e nos pés, e utilizou uma marreta, aplicando golpes em sua cabeça  ceifando-lhe a vida. Um outro ex-presidiário que também morava na chácara, chamou a policia. Ambos haviam sido condenados por estupro.
DIREITOS HUMANOS PARA BANDIDOS NO BRASIL






segunda-feira, 20 de março de 2017

20.03.17


FISIOTERAPIA DOMICILIAR


FISIOTERAPIA

Postado  segunda-feira, 20 de março de 2017  |  Ler Matéria»

20.03.17


FISIOTERAPIA DOMICILIAR


sexta-feira, 17 de março de 2017

Ministro da Justiça é citado na Operação Carne Fraca
Osmar Serraglio teve uma conversa gravada com um dos líderes do esquema que beneficiava empresas do setor de carnes.






Osmar Serraglio comenta conversa gravada na Operação Carne Fraca (Foto: Reprodução/RBS TV)
O ministro da Justiça, Osmar Serraglio (PMDB-PR), apareceu nesta sexta-feira (17) em conversa gravada pela Polícia Federal durante as investigações da Operação Carne Fraca, que apura um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos, com 309 mandados em 6 estados e no Distrito Federal.
Em uma ligação grampeada, Serraglio chama de “grande chefe” um dos líderes do suposto esquema, o ex-superintendente regional do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) Daniel Gonçalves Filho.
Delegados da Polícia Federal não acreditam que ele tenha cometido algum crime no caso, mas as informações serão repassadas à Procuradoria-Geral da República.
Veja a transcrição da conversa:
- Osmar Serraglio: grande chefe, tudo bom?
- Daniel: tudo bom
- Osmar: viu, tá tendo um problema lá em Iporã, cê tá sabendo?
- Daniel: não
- Osmar: o cara lá, que... o cara que tá fiscalizando lá... apavorou o Paulo lá, disse que hoje vai fechar aquele frigorífico... botô a boca... deixou o Paulo apavorado! Mas pra fechar tem o rito, num tem? Sei lá. Como que funciona um negócio desse?
- Daniel: deixa eu ver o que acontecendo... tomar pé da situação lá tá... falo com o Senhor (...)

'Chefe'
Em evento no Rio Grande do Sul, Serraglio comentou o conteúdo da conversa gravada.
"Esse frigorífico fica a uns 50 km da minha cidade. É o frigorífico que um dia recebeu, eu tô sabendo pelo que eu olhei na imprensa, porque telefonema a gente dá e muito. Eu recebi um comunicado dizendo que iriam fechar o frigorífico", afirmou o ministro.
"Aí eu liguei pra quem, a expressão que a imprensa tá explorando de alguma maneira porque eu chamei de chefe, ele é o chefe, aquele cidadão com eu falei é o Superintendente do Paraná da Agricultura."
"Eu liguei pra ele pra saber o que está acontecendo em relação ao frigorífico, aí ele pediu tempo, ele foi se informar com os servidores, aí me respondeu dizendo que olha, não se preocupe que não tem nada", completou.
Foro privilegiado
De acordo com o delegado federal Maurício Moscardi Grillo, a ligação do ministro para Daniel foi tratada de maneira isolada porque ele era deputado federal na época, ou seja, tinha foro privilegiado.
"Sentimos que não havia crime por parte do tal ministro", disse Moscardi Grillo."Porém, por cautela, foi necessário fazer esse informe para não sermos questionados."
O delegado ainda complementou que o conteúdo referente ao ministro Serraglio será encaminhado à Procuradoria-Geral da República.
"É um telefone, como se eu desse um telefonema pra alguém, que amanhã essa pessoa merece uma investigação, e que da minha parte não houve nenhum comprometimento", afirmou Serraglio, que confirmou conhecer Daniel Gonçalves e o dono do frigorífico.
Ministro da Justiça, Osmar Serraglio, em evento no Rio Grande do Sul (Foto: Cristine Galissa/RBS
 TV)
Frigorífico Larissa
O Paulo a quem Serraglio se refere no diálogo é o empresário Paulo Rogério Sposito – um dos alvos de prisão preventiva, por tempo indeterminado. Em 2010, ele foi candidato a deputado federal pelo estado de São Paulo, com o nome Paulinho Larissa, conforme consta no despacho da Justiça Federal que autoriza os mandados judiciais.
De acordo com a decisão, depois de encerrada a ligação, Daniel ligou para Maria do Rocio e contou que o fiscal de Iporã, município no noroeste do Paraná, queria fechar o frigorífico Larrisa, que pertence a Sposito. Daniel pediu a Maria do Rocio que averiguasse o que estava acontecendo e que o mantivesse informado.
Maria do Rocio, segundo o despacho, obedeceu a ordem e relatou que não tinha nada errado no local. A informação também foi repassada a Osmar Serraglio.
Em uma conversa com uma pessoa não identificada, Sposito foi aconselhado a falar com Maria do Rocio para trocar de fiscal, pois aquele estaria “enchendo o saco”.
A substituição seria feita por Tadeu, “porque ele seria fácil de enrolar e dinheirista”, segundo a decisão assinada pelo juiz Marcos Josegrei, de Curitiba.
Em outro áudio gravado, Paulo Rogério Sposito orienta um funcionário de seu frigorífico a trocar as etiquetas das datas de validade dos produtos.


Operação Carne Fraca foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (17). (Foto: Divulgação/Polícia Federal)


Carne vencida

Gravações telefônicas obtidas pela Polícia Federal apontam que vários frigoríficos do país vendiam carne vencida tanto no mercado interno, quanto para exportação.

Entre produtos químicos e produtos fora da validade, há casos ainda mais "curiosos", como a inserção de papelão em lotes de frango e carne de cabeça de porco em linguiça, além de troca de etiquetas de validade.
Diretores e donos das empresas estariam envolvidos diretamente nas fraudes, que contavam com a ajuda de servidores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, no Paraná, Goiás e Minas Gerais.
Maior operação da PF
Aproximadamente 1,1 mil policiais federais cumprem nesta sexta-feira 27 mandados de prisão preventiva, 11 de prisão temporária, 77 de condução coercitiva e 194 de busca e apreensão em residências, locais de trabalho dos investigados e em empresas supostamente ligadas ao grupo criminoso.
A operação envolve grandes empresas do setor, como a BRF Brasil, que controla marcas como Sadia e Perdigão, e também a JBS, que detém Friboi, Seara, Swift, entre outras marcas, mas também frigoríficos menores, como Mastercarnes, Souza Ramos e Peccin, do Paraná, e Larissa, que tem unidades no Paraná e em São Paulo.
As ordens judiciais foram expedidas pela 14ª Vara da Justiça Federal de Curitiba e estão sendo cumpridas em São Paulo, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Goiás.
O nome da operação faz alusão à conhecida expressão popular em sintonia com a própria qualidade dos alimentos fornecidos ao consumidor por grandes grupos corporativos do ramo alimentício.

Conforme a PF, a expressão popular demonstra uma fragilidade moral de agentes públicos federais que deveriam zelar e fiscalizar a qualidade dos alimentos fornecidos a sociedade.

Fonte Do G1 PR e G1 RS

OPERAÇÃO CARNE FRACA

Postado  sexta-feira, 17 de março de 2017  |  Ler Matéria»

Ministro da Justiça é citado na Operação Carne Fraca
Osmar Serraglio teve uma conversa gravada com um dos líderes do esquema que beneficiava empresas do setor de carnes.






Osmar Serraglio comenta conversa gravada na Operação Carne Fraca (Foto: Reprodução/RBS TV)
O ministro da Justiça, Osmar Serraglio (PMDB-PR), apareceu nesta sexta-feira (17) em conversa gravada pela Polícia Federal durante as investigações da Operação Carne Fraca, que apura um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos, com 309 mandados em 6 estados e no Distrito Federal.
Em uma ligação grampeada, Serraglio chama de “grande chefe” um dos líderes do suposto esquema, o ex-superintendente regional do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) Daniel Gonçalves Filho.
Delegados da Polícia Federal não acreditam que ele tenha cometido algum crime no caso, mas as informações serão repassadas à Procuradoria-Geral da República.
Veja a transcrição da conversa:
- Osmar Serraglio: grande chefe, tudo bom?
- Daniel: tudo bom
- Osmar: viu, tá tendo um problema lá em Iporã, cê tá sabendo?
- Daniel: não
- Osmar: o cara lá, que... o cara que tá fiscalizando lá... apavorou o Paulo lá, disse que hoje vai fechar aquele frigorífico... botô a boca... deixou o Paulo apavorado! Mas pra fechar tem o rito, num tem? Sei lá. Como que funciona um negócio desse?
- Daniel: deixa eu ver o que acontecendo... tomar pé da situação lá tá... falo com o Senhor (...)

'Chefe'
Em evento no Rio Grande do Sul, Serraglio comentou o conteúdo da conversa gravada.
"Esse frigorífico fica a uns 50 km da minha cidade. É o frigorífico que um dia recebeu, eu tô sabendo pelo que eu olhei na imprensa, porque telefonema a gente dá e muito. Eu recebi um comunicado dizendo que iriam fechar o frigorífico", afirmou o ministro.
"Aí eu liguei pra quem, a expressão que a imprensa tá explorando de alguma maneira porque eu chamei de chefe, ele é o chefe, aquele cidadão com eu falei é o Superintendente do Paraná da Agricultura."
"Eu liguei pra ele pra saber o que está acontecendo em relação ao frigorífico, aí ele pediu tempo, ele foi se informar com os servidores, aí me respondeu dizendo que olha, não se preocupe que não tem nada", completou.
Foro privilegiado
De acordo com o delegado federal Maurício Moscardi Grillo, a ligação do ministro para Daniel foi tratada de maneira isolada porque ele era deputado federal na época, ou seja, tinha foro privilegiado.
"Sentimos que não havia crime por parte do tal ministro", disse Moscardi Grillo."Porém, por cautela, foi necessário fazer esse informe para não sermos questionados."
O delegado ainda complementou que o conteúdo referente ao ministro Serraglio será encaminhado à Procuradoria-Geral da República.
"É um telefone, como se eu desse um telefonema pra alguém, que amanhã essa pessoa merece uma investigação, e que da minha parte não houve nenhum comprometimento", afirmou Serraglio, que confirmou conhecer Daniel Gonçalves e o dono do frigorífico.
Ministro da Justiça, Osmar Serraglio, em evento no Rio Grande do Sul (Foto: Cristine Galissa/RBS
 TV)
Frigorífico Larissa
O Paulo a quem Serraglio se refere no diálogo é o empresário Paulo Rogério Sposito – um dos alvos de prisão preventiva, por tempo indeterminado. Em 2010, ele foi candidato a deputado federal pelo estado de São Paulo, com o nome Paulinho Larissa, conforme consta no despacho da Justiça Federal que autoriza os mandados judiciais.
De acordo com a decisão, depois de encerrada a ligação, Daniel ligou para Maria do Rocio e contou que o fiscal de Iporã, município no noroeste do Paraná, queria fechar o frigorífico Larrisa, que pertence a Sposito. Daniel pediu a Maria do Rocio que averiguasse o que estava acontecendo e que o mantivesse informado.
Maria do Rocio, segundo o despacho, obedeceu a ordem e relatou que não tinha nada errado no local. A informação também foi repassada a Osmar Serraglio.
Em uma conversa com uma pessoa não identificada, Sposito foi aconselhado a falar com Maria do Rocio para trocar de fiscal, pois aquele estaria “enchendo o saco”.
A substituição seria feita por Tadeu, “porque ele seria fácil de enrolar e dinheirista”, segundo a decisão assinada pelo juiz Marcos Josegrei, de Curitiba.
Em outro áudio gravado, Paulo Rogério Sposito orienta um funcionário de seu frigorífico a trocar as etiquetas das datas de validade dos produtos.


Operação Carne Fraca foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (17). (Foto: Divulgação/Polícia Federal)


Carne vencida

Gravações telefônicas obtidas pela Polícia Federal apontam que vários frigoríficos do país vendiam carne vencida tanto no mercado interno, quanto para exportação.

Entre produtos químicos e produtos fora da validade, há casos ainda mais "curiosos", como a inserção de papelão em lotes de frango e carne de cabeça de porco em linguiça, além de troca de etiquetas de validade.
Diretores e donos das empresas estariam envolvidos diretamente nas fraudes, que contavam com a ajuda de servidores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, no Paraná, Goiás e Minas Gerais.
Maior operação da PF
Aproximadamente 1,1 mil policiais federais cumprem nesta sexta-feira 27 mandados de prisão preventiva, 11 de prisão temporária, 77 de condução coercitiva e 194 de busca e apreensão em residências, locais de trabalho dos investigados e em empresas supostamente ligadas ao grupo criminoso.
A operação envolve grandes empresas do setor, como a BRF Brasil, que controla marcas como Sadia e Perdigão, e também a JBS, que detém Friboi, Seara, Swift, entre outras marcas, mas também frigoríficos menores, como Mastercarnes, Souza Ramos e Peccin, do Paraná, e Larissa, que tem unidades no Paraná e em São Paulo.
As ordens judiciais foram expedidas pela 14ª Vara da Justiça Federal de Curitiba e estão sendo cumpridas em São Paulo, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Goiás.
O nome da operação faz alusão à conhecida expressão popular em sintonia com a própria qualidade dos alimentos fornecidos ao consumidor por grandes grupos corporativos do ramo alimentício.

Conforme a PF, a expressão popular demonstra uma fragilidade moral de agentes públicos federais que deveriam zelar e fiscalizar a qualidade dos alimentos fornecidos a sociedade.

Fonte Do G1 PR e G1 RS

terça-feira, 14 de março de 2017

14.07.17


O RESULTADO DA IMPUNIDADE E FALTA DE  CONSENSO DO GOVERNO DE PERNAMBUCO, SARGENTO DA PMPE É MORTO EM ASSALTO EM BOM JARDIM PE




+Genival José da Silva (34 anos)
Sgt G Silva

O sargento da Polícia Militar Genival José da Silva Estado, 34 anos, foi assassinado, por volta das 23h desta segunda-feira (13), no ônibus que faz transporte de estudantes universitários de Limoeiro para Surubim, quando reagiu a um assalto. Três elementos invadiram o ônibus, no povoado de Umari, distrito de Bom Jardim, e anunciaram o assalto. Enquanto os bandidos recolhiam os pertences dos estudantes, o militar reagiu e trocou tiros com os bandidos, e foi atingido por três disparos.


Duas estudantes também foram atingidas. Fernanda Gomes da Silva, 19 anos, atingida na coxa direita, e Maria Girlane da Silva, 34, ferida na mão esquerda. Os bandidos fugiram, mas de acordo com testemunhas o sargento havia conseguido atingir, pelo menos, um deles. O motorista Genival Leitão do Nascimento arrancou o veículo para Surubim, onde as duas estudantes feridas, foram atendidas no hospital São Luís e transferidas para o hospital regional de Limoeiro, sem risco de morte.


Durante a madrugada, os Policiais Militares conseguiram localizar nas proximidades do Umari, o corpo de um elemento. Ele estava com uma bolsa contendo vários celulares. Em seguida, durante a madrugada, o corpo de um segundo elemento também foi localizado. Eles ainda não foram reconhecidos pelas vítimas. O terceiro acusado está foragido. O corpo do sargento G. Silva foi encaminhado ao IML de Caruaru. O militar também era blogueiro, e disputou uma vaga para Câmara de Surubim na última a eleição. Ainda não foram divulgadas informações sobre o sepultamento



O corpo do PM foi encaminhado para o IML do Recife.

MORTE DO SANGENTO G SILVA EM BOM JARDIM PE

Postado  terça-feira, 14 de março de 2017  |  Ler Matéria»

14.07.17


O RESULTADO DA IMPUNIDADE E FALTA DE  CONSENSO DO GOVERNO DE PERNAMBUCO, SARGENTO DA PMPE É MORTO EM ASSALTO EM BOM JARDIM PE




+Genival José da Silva (34 anos)
Sgt G Silva

O sargento da Polícia Militar Genival José da Silva Estado, 34 anos, foi assassinado, por volta das 23h desta segunda-feira (13), no ônibus que faz transporte de estudantes universitários de Limoeiro para Surubim, quando reagiu a um assalto. Três elementos invadiram o ônibus, no povoado de Umari, distrito de Bom Jardim, e anunciaram o assalto. Enquanto os bandidos recolhiam os pertences dos estudantes, o militar reagiu e trocou tiros com os bandidos, e foi atingido por três disparos.


Duas estudantes também foram atingidas. Fernanda Gomes da Silva, 19 anos, atingida na coxa direita, e Maria Girlane da Silva, 34, ferida na mão esquerda. Os bandidos fugiram, mas de acordo com testemunhas o sargento havia conseguido atingir, pelo menos, um deles. O motorista Genival Leitão do Nascimento arrancou o veículo para Surubim, onde as duas estudantes feridas, foram atendidas no hospital São Luís e transferidas para o hospital regional de Limoeiro, sem risco de morte.


Durante a madrugada, os Policiais Militares conseguiram localizar nas proximidades do Umari, o corpo de um elemento. Ele estava com uma bolsa contendo vários celulares. Em seguida, durante a madrugada, o corpo de um segundo elemento também foi localizado. Eles ainda não foram reconhecidos pelas vítimas. O terceiro acusado está foragido. O corpo do sargento G. Silva foi encaminhado ao IML de Caruaru. O militar também era blogueiro, e disputou uma vaga para Câmara de Surubim na última a eleição. Ainda não foram divulgadas informações sobre o sepultamento



O corpo do PM foi encaminhado para o IML do Recife.

Blog do Rui Medeiros-A Realidade da Notícia-
Copyright © 2016 Blog do Rui Medeiros.
Desenvolvido por SoftTech - Tecnologia em Softwares. .